Arquivo do mês: julho 2017

Minha atenção é dispersada Pela coisa. Me saboto com qualquer um, Seja um estalar de dedos, Seja uma dose de conhaque. Acho que nunca mais vou escrever, Nunca mais poesia, Nunca mais viver: Acham que isso é escrever? Isto é … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário